Servidores estaduais fazem manifestação em Guanhães

Servidores estaduais realizaram na tarde desta quarta-feira, 20, manifestação no centro de Guanhães por causa do atraso e parcelamento no pagamento dos salários. O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE-MG) informou que convocou o ato e orientou que as subsedes no estado organizassem manifestações locais para dialogar com a comunidade escolar.

Ainda de acordo com o Sind-UTE-MG, as datas de pagamento para a área de educação divulgadas pelo governo do estado na última sexta-feira (15) fogem completamente da política praticada para as demais categorias do funcionalismo.

Segundo o sindicato, o valor pago integralmente para as demais categorias – até R$ 3 mil – está sendo parcelado para o setor da educação.

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF-MG) informou que a decisão de parcelar os salários dos servidores do Executivo Estadual (ativos e inativos) está atrelada ao rombo de R$ 8 bilhões deixado pelas gestões anteriores e também à atual crise econômica que, inclusive, levou o governo, com aprovação da Assembleia Legislativa, a decretar estado de calamidade financeira.

O comunicado ainda informa que as datas estabelecidas no parcelamento estão diretamente relacionadas à possibilidade real de desembolso do Tesouro Estadual, sempre priorizando o compromisso de pagamento da folha.