Prefeito de Cantagalo usa veículo oficial para buscar filho em festa e carro cai em ribanceira

Um carro da Prefeitura de Cantangalo saiu da pista na MG-314 e caiu em uma ribanceira na tarde deste domingo (15). O veículo oficial do gabinete do prefeito não estava a serviço do município e transportava o filho de prefeito que voltava de uma festa junto com outros dois amigos. Apesar do acidente, ninguém ficou ferido.

O prefeito Adeilson Medeiros de Oliveira (PDT) conversou com o G1 e confirmou as informações sobre o acidente e disse que não emprestou o veículo oficial para o filho de 18 anos, que é inabilitado. Segundo ele, quem conduzia o carro era o vereador Isaías Bruno (PPS), que acabou se distraindo ao atender uma ligação de celular.

“Eu pedi a ele que buscasse o menino pra mim, ele sempre me leva em Belo Horizonte. Estava tendo um almoço e ele foi buscar os colegas. Normal, estão fazendo um alarde sobre isso, é a oposição. Palhaçada, teve nada”, afirmou o prefeito.

Sobre os danos sofridos ao veículo oficial, Adeilson Oliveira disse que foram poucos os estragos e que é algo simples de ser consertado.

Apesar da afirmação do prefeito, uma testemunha ouvida pelo G1 apresentou outra versão. Uma pessoa que não quis se identificar contou que passou pela rodovia no momento do acidente e viu quando os ocupantes deixaram o veículo. Segundo a testemunha, o vereador não estava no carro.

“Eu vi depois que saíram do carro, até conheço um dos rapazes. Quem estava lá era o filho do prefeito, não vi se ele estava na direção, mas o vereador não estava lá na hora não, chegou depois e assumiu a responsabilidade como se ele estivesse dirigindo. Tinha mais pessoas lá na hora, outros também viram isso, mas cidade pequena sabe como é, ninguém fala nada por medo de ser perseguido depois”, contou a testemunha.

O G1 não conseguiu contato com o vereador Isaías Bruno para comentar o caso e as versões do prefeito e da testemunha.

Reprodução. G1.