Polícia Ambiental realiza formatura do PROGEA em Dores de Guanhães

O ser humano adulto apresenta resistência para mudar algo que sempre praticou. Pensando nisso, o PROGEA – Programa de Educação Ambiental, tenta incutir nas crianças a responsabilidade, o civismo, o patriotismo e, sobretudo a preocupação com a sobrevivência.

Numa iniciativa da 8º companhia da polícia militar de meio ambiente, com o apoio da prefeitura municipal de Dores de Guanhães, foi realizada nessa quarta-feira, 28 de novembro, a formatura de 71 alunos do 4º ano de 2018. A partir de agora, eles são guardiões do meio ambiente, parceiros da Polícia Militar.Esta data tem grande importância, pois se trata da formatura da 2º turma do programa no município.Os formandos são estudantes das escolas municipais José Buenno Bruzzie Benedito de Castro.

O PROGEA foi criado e implantado em Governador Valadares pela 8ª Companhia da Polícia Militar de Meio Ambiente no ano de 2007 e, desde então, foi se expandindo gradualmente para diversos municípios da região Leste de Minas devido a sua importância na prevenção ambiental. Após seis anos de estudos, pesquisas e aplicações práticas, a Polícia Militar oficializou no dia 19 de novembro de 2013, o programa como sendo uma ferramenta a ser implantado e desenvolvido em todo o estado.

O objetivo é estimular estudantes do 4º ano do ensino fundamental das escolas das redes públicas e particulares de Minas a serem competentes e hábeis para a adoção de comportamentos sócio-ambientais que visem contribuir para a prevenção ambiental, a sustentabilidade e melhoria da qualidade de vida, conhecendo e reconhecendo o meio ambiente onde se encontram inseridos.

Outros objetivos específicos são: fomentar o processo de mobilização social visando o estabelecimento de uma rede social local para a minimização ou solução dos problemas ambientais, detectados a partir do programa desenvolvido na escola; promover a compreensão entre os ambientes existentes nas diversas comunidades e suas inter-relações, focando a utilização responsável dos recursos naturais e artificiais; estabelecer relações positivas entre estudantes, comunidade escolar, polícia militar, poderes públicos e organizações não governamentais dentre outros; estimular um diálogo contínuo entre “escola, polícia militar de minas gerais, comunidade/poder público e família” para questões pertinentes à educação ambiental; contribuir para a formação de cidadãos conscientes e críticos, aproveitando o tema transversal de educação ambiental, para trabalhar com as comunidades, respeitando as diversidades regionais, culturais e políticas e proporcionar o acesso ao conjunto de conhecimentos socialmente elaborados e reconhecidos como necessários ao exercício da cidadania, bem como o entendimento do ambiente de forma abrangente, no qual tudo e todos são importantes, um dependendo do outro para existir.

A solenidade contou com a presença de autoridades civis, militares, parentes e amigos dos formandos, além de professores das turmas e funcionários das escolas. Durante o evento, os formandos realizaram apresentações sobre o meio ambiente com poesia, músicas e paródias.Os alunos e demais presentes, foram agraciados com mudas de árvores, com escopo de incentivo e conscientização. O evento contou com a participação de aproximadamente 160 pessoas.

Fotos: Divulgação.