Minas Gerais projeta vacina contra a covid-19 a partir de janeiro de 2021

Em sabatina realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o secretário de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, explicou o planejamento do estado para receber uma possível remessa da vacina contra a covid-19. O evento contou com a presença de deputados, que puderam fazer questionamentos ao secretário em relação às ações do governo contra a pandemia.

Conforme Carlos Eduardo Amaral, o governo estadual já vem elaborando, há uns dois meses, um Plano de Contingência para quando a vacina contra o coronavírus estiver pronta. “O objetivo é que o Estado esteja pronto quando a vacina chegar. Já se tem seringas e agulhas. Há também preocupação com logística e distribuição, devido a riscos, inclusive, de assaltos. Nosso objetivo é que a partir de janeiro tenhamos condição de distribuir a vacina. Levando em consideração que se a vacina for uma vacina habitual, provável que já esteja chegando, se for a de Oxford, a vacina tem o mesmo padrão de acondicionamento que a vacina da gripe”, informou.

O chefe da pasta da Saúde também afirmou que já existe uma estrutura montada para receber as doses da vacina. “O que seria diferente é em termos de insumos a mais e um treinamento melhor da rede, mas estamos nos preparando para toda vacina que puder chegar, independente da condição que for, porque temos que estar prontos para elas”, afirmou.