12 meninos e seu técnico foram resgatados da caverna na Tailândia

Após 3 dias de resgate, os 12 garotos e o treinador foram retirados da caverna Tham Luang, na Tailândia. A etapa do resgate desta terça-feira, 10, enfrentou o desafio da chuva para salvar os 5 membros da equipe Wild Boars que ainda estavam na gruta.

Nos dias anteriores, oito crianças, em grupos de quatro, haviam sido resgatadas.

A marinha tailandesa comemorou através de um post no facebook: “Não temos certeza se isso é um milagre, uma ciência ou o que é. Todos os 13 Javalis (tradução de Boars) agora estão fora da caverna.

Os trabalhos continuam agora para retirada de três fuzileiros navais e um médico que, para dar assistência ao grupo, entraram na caverna.

A operação foi considerada um dos resgates mais complicados já vistos até hoje. Uma equipe de 90 mergulhadores foi mobilizada para a tarefa, que demora aproximadamente 10h para cada resgate.

A gruta, onde estavam presos, fica a quatro quilômetros da entrada da caverna. A busca teve de ser divida em 3 dias para reposição de cilindros de ar comprimido e reavaliação das inundações parciais da cavidade.

O grupo, composto por 12 crianças entre 11 e 16 anos e um adulto de 25 anos, formam uma equipe de futebol, chamada Wild Boars.

Segundo informações, o adulto, treinador da equipe, levou as crianças para passearem nas montanhas após um jogo, quando ficaram encurralados após uma chuva torrencial.

Com informações de Agência Brasil, Agência EFE e Correio da Manhã

Notícias Relacionadas