Inscrições para o Prêmio Nacional de Educação Fiscal vão até 14 de julho

Objetivo é valorizar as práticas que contribuam para a conscientização sobre a importância dos tributos

As inscrições para a edição 2017 do Prêmio Nacional de Educação Fiscal estão abertas e podem ser feitas até 14 de julho. Neste ano, foi incluída a categoria Imprensa, voltada para profissionais e estudantes de jornalismo – estão mantidas as já tradicionais categorias Escolas e Instituições. O objetivo do prêmio é valorizar as melhores práticas de educação fiscal, que atuam sobre a conscientização da importância social dos tributos e da correta aplicação dos recursos públicos.

Minas Gerais tem destaque no prêmio. Diversas iniciativas apoiadas pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) já foram finalistas e vencedoras dos troféus em edições anteriores. Neste ano, por meio da Divisão de Educação Fiscal (DEF/SAIF), a divulgação já começou a ser feita em todo o Estado, estimulando a inscrição.
Sobre a premiação
A solenidade de premiação acontecerá no dia 29 de novembro, em Brasília. Durante a festa, os onze projetos finalistas da sexta edição receberão certificados e um representante da iniciativa participará da cerimônia com as despesas custeadas pela Febrafite e suas filiadas.
Neste ano, serão seis vencedores. Primeiro, segundo e terceiro lugares na categoria Escolas, que receberão R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente. Dois primeiros colocados na categoria Instituições, com a premiação em dinheiro de R$ 10 mil para o primeiro e R$ 5 mil para o segundo lugar. Já a melhor reportagem na dategoria Imprensa, levará para casa, além do troféu, o valor de R$ 2 mil, que poderá ser para o jornalista ou a empresa de comunicação a qual representa.
Para mais informações, clique no link: premioeducacaofiscal.com.br/premio/

Mais notícias