Guanhães e cidades da região são contempladas com novas viaturas para a Polícia Militar

O governador Fernando Pimentel entregou nesta segunda-feira (15/1), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, 140 novas viaturas para a Polícia Militar de Minas Gerais. Os veículos serão distribuídos para 137 municípios de todos os Territórios de Desenvolvimento do Estado e utilizados para o patrulhamento preventivo e ostensivo, oferecendo maiores condições de trabalho aos policiais e segurança para a população.
Guanhães, Açucena, Gonzaga, Rio Vermelho, Santa Maria do Suaçuí e São João Evangelista estão entre os municípios contemplados.

Ao todo, foram investidos cerca de R$ 10 milhões para a compra dos veículos, que também são equipados com rádio comunicador. Os recursos são provenientes de emendas parlamentares federais (deputados federais e senadores mineiros). Fernando Pimentel destacou em seu discurso a redução dos índices de criminalidade no estado, que têm sido alcançados com muito trabalho e esforço da gestão.

“O que estamos celebrando aqui é aquilo que está nos jornais de hoje. Para pegar o exemplo de Belo Horizonte, nós estamos, hoje, com o menor índice de homicídios nos últimos 17 anos. No estado inteiro, a queda dos índices de criminalidade, sobretudo os crimes violentos, ultrapassa os 10%. Isso mostra o trabalho efetivo da Polícia Militar de Minas Gerais, evidentemente ombreada com a nossa Polícia Civil, com os agentes penitenciários, enfim, com o conjunto das forças de segurança, que entregam resultados extremamente positivos e mais relevantes ainda, porque isso se desenvolve em um cenário completamente hostil às forças de segurança”, afirmou.

O governador também destacou a importância da parceria com os parlamentares mineiros para o investimento na segurança pública. “Se nós estamos entregando hoje 140 viaturas é porque os deputados federais de Minas Gerais escolheram a segurança como prioridade e fizeram sua escolha através das emendas. Então, é destacar e valorizar o trabalho da bancada federal”, disse.

Fernando Pimentel ainda ressaltou as estratégias adotadas pelo Governo em um período de crise econômica. Um exemplo de sucesso foi a criação das bases comunitárias móveis em Belo Horizonte.

“Nós vamos fazer o ajuste fiscal de outro jeito: melhorando a arrecadação, tornando mais eficiente, produzindo mais resultados com o mesmo tipo de equipamento, estruturando melhor, produzindo melhor. Um exemplo está desenrolando aqui, na nossa frente, em Belo Horizonte, que é o exemplo da Polícia Militar, com o modelo das bases comunitárias móveis. Nós colocamos 86 bases e os índices estão caindo, mostrando que é um modelo que, com poucos recursos, estão produzindo bons resultados. É o mesmo modelo que nós estamos querendo levar aos poucos para o interior do estado”, finalizou.