Funcionário de cooperativa é preso pela PCMG por furto em Guanhães

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (26/5), um homem, de 37 anos, pelo crime de furto qualificado. O crime ocorreu nas dependências de uma cooperativa, na cidade de Guanhães.

As vítimas, representantes da cooperativa, procuraram pela polícia para denunciar o crime e em contato com o delegado Douglas Mota, apresentaram um vídeo do sistema de segurança interno do local.

De acordo com a Polícia Civil, pelas imagens foi possível ver o funcionário de 37 anos retirando de uma gaveta cerca de R$200.

Policiais civis foram então até a cooperativa, onde abordaram o suspeito que confessou o crime. Em busca pessoal, foi localizado na carteira dele a quantia de R$ 328.

De acordo com o delegado, “a repressão rápida, imediata e qualificada permitiu à Polícia Judiciária prender o suspeito em flagrante delito pelo cometimento de furto qualificado. As investigações preliminares, em sede flagrancial, revelaram que o suspeito era funcionário há mais de 15 anos na cooperativa e ostentava extrema confiança dos representantes da empresa, sendo o responsável por abrir o estabelecimento, tendo franco acesso ao local onde eram guardados os valores”.

O delegado ressaltou que o suspeito ainda confessou ter furtado R$ 120,00, na terça-feira (25/5), da mesma empresa. O homem está preso, à disposição da Justiça.

Informações e foto: Polícia Civil de Minas Gerais