Enderson exalta poder de reação do América em vitória de virada sobre Atlético-PR

Técnico elogia atuações recentes do Coelho e confia em boa sequência

O técnico Enderson Moreira exaltou o poder de reação do América na vitória de virada sobre o Atlético-PR, neste domingo, no Independência, por 3 a 1, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão abriu o placar na cobrança de falta de Thiago Carleto, aos 38 minutos do primeiro tempo. Logo em seguida, Serginho empatou o jogo. O meia marcou o segundo do Coelho aos 30min do segundo tempo, e Ademir, nos instantes finais, definiu o triunfo. Para o comandante americano, o resultado positivo contra um rival com estilo de jogo organizado foi absolutamente justo.

“Tomar um gol e ter a capacidade de empatar logo em seguida é importante, pois poderíamos voltar ao vestiário com o resultado positivo para o adversário. Gostaria de ressaltar o poder do time de conquistar uma virada saindo atrás em casa. É uma vitória muito merecida. A equipe criou contra um time muito bem montado, com idéias claras do que é a proposta do Fernando Diniz. É difícil marcar um time assim. Eles têm sempre jogadores livres que podem achar um jogador com movimento de profundidade. E eles tiveram pelo menos dois momentos assim. A gente tem de enaltecer o trabalho do grupo e da equipe”, declarou em entrevista coletiva depois da partida.

Enderson também valorizou as atuações recentes do América, apesar das duas derrotas seguidas (para São Paulo e Corinthians) antes do confronto com o Atlético-PR. O treinador acredita que a força demonstrada pelo time é a motivação para uma boa sequência no Campeonato Brasileiro.

“Vínhamos de duas derrotas, mas que a equipe jogou bem. Isso as pessoas falam pouco. Perdemos para o Corinthians, mas jogamos lá, enfrentamos, tivemos mais situações, fizemos do Walter o melhor jogador do adversário. Fizemos um bom jogo contra o São Paulo aqui, perdemos por detalhes. A gente merecia um resultado diferente. Isso é o que nos passa otimismo e confiança para poder fazer boas apresentações”, projetou.

Por fim, Enderson destacou o papel de jogadores e torcida no bom momento do América.  “Em primeiríssimo lugar, a dedicação dos atletas. Nada seria possível com a disposição deles de correrem para trás quando não estão com a bola. Nossos atacantes e meias marcam quando precisamos. É um futebol muito coeso, com todo mundo determinado para ajudar de alguma forma. Nossa torcida também, nunca esmoreceu, foi positiva. A torcida tem nos incentivado e reconhecido nosso empenho. Claro que a organização e a ideias de jogo que temos desenvolvido há muito tempo, e jogadores mais novos no clube pegaram esse espírito. Isso é extremamente importante”, ressaltou.

Com o resultado deste domingo, o América subiu para a 11ª colocação do Brasileiro, com 13 pontos. Na próxima rodada, o time alviverde tem clássico contra o Atlético, nesta quinta-feira, às 21h, no Independência.