Dorinha da Farmácia é a primeira mulher eleita prefeita de Guanhães

Neste domingo, 03 de junho de 2018, os guanhanenses voltaram às urnas para eleger um prefeito e vice para a cidade.

Com 5.926 votos (40,54% dos votos válidos) Dóris Campos Coelho, a Dorinha da Farmácia, e Célio Augusto da Silva, Célio da Gráfica, foram eleitos prefeita e vice-prefeito de Guanhães.

O candidato Guido Carvalho Júnior, Guidinho, obteve 3.400 votos (23,26% dos votos válidos), Nivaldo dos Santos conseguiu 2.690 votos (18,40%) e Adão Vieira teve 2.602 votos (17,80%). A apuração foi encerrada às 18h45.

As chapas que disputaram a eleição foram a vereadora Dóris Campos Coelho, do PDT (Partido Democrático Trabalhista), e como vice Célio da Gráfica; Guido Carvalho Júnior, do PHS (Partido Humanista da Solidariedade), e João Milagres como vice; Adão Vieira, do PRB (Partido Republicano Brasileiro) e o vice Alcides Rocha; e os vereadores Nivaldo dos Santos, do PPS (Partido Popular Socialista) e Nelci candidatos a prefeito e vice respectivamente.

Dorinha da Farmácia, que estava em seu segundo mandato como vereadora, deixará sua cadeira na câmara para assumir a prefeitura do município. O suplente do PDT, Evandro Alvarenga, ocupará o posto. A posse dos eleitos deve ocorrer até o dia 22 de junho de 2018 e o mandato terminará em 2020.

A chapa eleita em 2016, liderada pelo ex-prefeito Geraldo José Pereira (PMDB), teve o seu registro cassado em quatro processos, sendo as decisões de primeira instância confirmadas pelo TRE. As ilegalidades verificadas nas ações eleitorais se referem, basicamente, a uso indevido dos meios de comunicação e caixa dois durante a campanha em 2016.

Estiveram aptos para votar os eleitores inscritos no município até o dia 2 de janeiro de 2018. As eleições aconteceram das 8h às 17h, com as mesmas Mesas Receptoras de votos constituídas para as eleições que aconteceram em outubro de 2016.

A taxa de abstenção foi de 31,99%. Eram esperados 24.486 eleitores, entretanto, 7.834 deixaram de votar. Outros 582 (3,50%) votaram branco e 1.452 (8,72%) anularam o voto.

Através de sua página no Facebook o segundo colocado, Guidinho de Carvalho, reconheceu a legitimidade do processo eleitoral e felicitou a chapa eleita. Os demais candidatos não se pronunciaram até o fechamento desta nota.

Fotos: Facebook dos candidatos.