Confira quem foram os prefeitos eleitos em outras cidades da região

 

A seguir, você terá informações sobre os candidatos a prefeito (a) eleitos (as) em várias cidades da região, a começar pelos municípios de Dores de Guanhães e Senhora do Porto, que compõem a Comarca de Guanhães.

Dores de Guanhães

Léo, do Patriota, foi eleito prefeito de Dores de Guanhães para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Léo teve 50,72% dos votos. Foram 2.033 votos no total. O candidato derrotou João Eber, que ficou em segundo lugar com 49,28% (1.975 votos). A eleição em Dores de Guanhães teve 18,02% de abstenção, 1,3% votos brancos e 3,79% votos nulos.A vice é Aria Bretas, do Patriota.

Senhora do Porto

Ronan Portilho, do Avante, foi eleito prefeito de Senhora do Porto para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Ronan Portilho teve 42,85% dos votos. Foram 1.058 votos no total. O candidato derrotou Dezinho Valdemar, que ficou em segundo lugar com 36,49% (901 votos). A eleição em Senhora do Porto teve 19,66% de abstenção, 0,95% votos brancos e 4,92% votos nulos. A vice é Lívia da Farmácia, do Avante.

Virginópolis

Boby Leão, do PDT, foi eleito prefeito de Virginópolis. Ele, no entanto, está sub judice e aguarda decisão da Justiça Eleitoral para ter a confirmação se será ou não eleito pelos próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Boby teve 62,99% dos votos. Foram3.580 votos no total. O candidato derrotou Sormanny, que ficou em segundo lugar com 26,29% (1.494 votos). A eleição em Virginópolis teve 28,25% de abstenção, 2,44% votos brancos e 6,8% votos nulos. O vice é Josué Garajau, do PT.

Divinolândia de Minas

Rodrigo, do PP, foi eleito prefeito de Divinolândia de Minas para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Rodrigo teve 41,21% dos votos. Foram 1.825 votos no total. O candidato derrotou Zé Maria, que ficou em segundo lugar com 33,38% (1.478 votos). A eleição em Divinolândia de Minas teve 24,63% de abstenção, 0,81% votos brancos e 4,88% votos nulos. O vice é Tatão, do Podemos.

São João Evangelista

Hércules Procópio, do PP, foi eleito prefeito de São João Evangelista para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Hércules Procópio teve 43,16% dos votos. Foram 3.849 votos no total. O candidato derrotou Alex Pimenta, que ficou em segundo lugar com 39,61% (3.533 votos). A eleição em São João Evangelista teve 24,94% de abstenção, 1,29% votos brancos e 4,29% votos nulos. O vice é Zé Afonso, do MDB.

Cantagalo

Roberto do Toca, do MDB, foi eleito prefeito de Cantagalo para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Roberto do Toca teve 48,23% dos votos. Foram 1.406 votos no total. O candidato derrotou Matinho, que ficou em segundo lugar com 32,21% (939 votos). A eleição em Cantagalo teve 18,06% de abstenção, 1% votos brancos e 4,63% votos nulos. O vice é Relinha, do DEM.

Peçanha

Fabricio Alvarenga, do PSB, foi eleito prefeito de Peçanha para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Fabricio Alvarenga teve 64,37% dos votos. Foram 6.019 votos no total. O candidato derrotou Jean do Betão, que ficou em segundo lugar com 35,63% (3.331 votos). A eleição em Peçanha teve 26,03% de abstenção, 1,58% votos brancos e 5,95% votos nulos. A vice é Aline França, do PV.

José Raydan

Paulo Peixoto, do PSDB, foi eleito prefeito de José Raydan para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Paulo teve 61,35% dos votos. Foram 1.911 votos no total. O candidato derrotou Zé Amaral, que ficou em segundo lugar com 38,65% (1.204 votos). A eleição em José Raydan teve 23,48% de abstenção, 1% votos brancos e 4,26% votos nulos. O vice é Nelson do Zé Pinto, do PSDB.

Santa Maria do Suaçuí

Palitó, do MDB, foi eleito prefeito de Santa Maria do Suaçuí para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Palitó teve 51,84% dos votos. Foram 4.366 votos no total. O candidato derrotou Elias Godinho, que ficou em segundo lugar com 47,93% (4.037 votos). A eleição em Santa Maria do Suaçuí teve 27,33% de abstenção, 0,88% votos brancos e 5,6% votos nulos. A vice é Pastora Angelina, do PSL.

Água Boa

Zola, do Solidariedade, foi eleito prefeito de Água Boa para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Zola teve 52,15% dos votos. Foram 4.268 votos no total. O candidato derrotou Fabão, que ficou em segundo lugar com 42,17% (3.451 votos). A eleição em Água Boa teve 27,61% de abstenção, 0,81% votos brancos e 4,52% votos nulos. O vice é Pedrinho da Loja, do PSC.

São Pedro do Suaçuí

Tchuca Euzébio, do Avante, foi eleito prefeito de São Pedro do Suaçuí para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Tchuca Euzébio teve 52,31% dos votos. Foram 1.922 votos no total. O candidato derrotou Branco do Maroba, que ficou em segundo lugar com 47,69% (1.752 votos). A eleição em São Pedro do Suaçuí teve 18,67% de abstenção, 0,81% votos brancos e 4,21% votos nulos. O vice é Deilson Barbosa, do Avante.

São José do Jacuri

Claudio da Juca, do DEM, foi eleito prefeito de São José do Jacuripara os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Claudio da Juca teve 69,09% dos votos. Foram 2.780 votos no total. O candidato derrotou Max Queiros, que ficou em segundo lugar com 30,91% (1.244 votos). A eleição em São José do Jacuri teve 19,49% de abstenção, 1,11% votos brancos e 5,96% votos nulos. A vice é Stela Maris, do DEM.

Coluna

Sady, do Avante, foi eleito prefeito de Coluna para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Sady teve 61,62% dos votos. Foram 2.781 votos no total. O candidato derrotou Rosimara Trindade, que ficou em segundo lugar com 38,38% (1.732 votos). A eleição em Coluna teve 26,84% de abstenção, 1,56% votos brancos e 7,9% votos nulos. A vice é Tina, do Avante.

Frei Lagonegro

Geraldo Silva, do PRTB, foi eleito prefeito de Frei Lagonegropara os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Geraldo Silva teve 56,97% dos votos. Foram 1.709 votos no total. O candidato derrotou Leandro, que ficou em segundo lugar com 43,03% (1.291 votos). A eleição em Frei Lagonegro teve 10,18% de abstenção, 0,85% votos brancos e 4,42% votos nulos. O vice é Ednezio, do PL.

São Sebastião do Maranhão

Sabrina Mesquita, do Republicanos, foi eleita prefeita de São Sebastião do Maranhão para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Sabrina Mesquita teve 55,75% dos votos. Foram 3.495 votos no total. A candidata derrotou Pedro Dentista, que ficou em segundo lugar com 44,25% (2.774 votos). A eleição em São Sebastião do Maranhão teve 26,63% de abstenção, 0,82% votos brancos e 4,34% votos nulos. O vice é Gilson Sampaio, do PT.

Paulistas

Evandro, do MDB, foi eleito prefeito de Paulistas para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Evandro teve 79,30% dos votos. Foram 2.138 votos no total. O candidato derrotou Mateus da Rádio, que ficou em segundo lugar com 20,70% (558 votos). A eleição em Paulistas teve 27,4% de abstenção, 2,08% votos brancos e 8,82% votos nulos. O vice é Juvenal Roberto, do MDB.

Sabinópolis

Beto, do PT, foi eleito prefeito de Sabinópolis para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Beto teve 46,72% dos votos. Foram 3.599 votos no total. O candidato derrotou Dr. Nirley, que ficou em segundo lugar com 39,12% (3.014 votos). A eleição em Sabinópolis teve 32,52% de abstenção, 2,38% votos brancos e 6,04% votos nulos. O vice é Adilande, do PDT.

Materlândia

Joventino, do PDT, foi eleito prefeito de Materlândia para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Joventino teve 53,85% dos votos. Foram 1.652 votos no total. O candidato derrotou Marquinho, que ficou em segundo lugar com 46,15% (1.416 votos). A eleição em Materlândia teve 26,94% de abstenção, 1,49% votos brancos e 5,26% votos nulos. O vice é Leonardo, do DEM.

Rio Vermelho

Markão, do PSD, foi eleito prefeito de Rio Vermelho para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Ronaldo teve 35,22% dos votos. Foram 2.173 votos no total. O candidato derrotou Jésus Caeté, que ficou em segundo lugar com 27,05% (1.669 votos). A eleição em Rio Vermelho teve 36,94% de abstenção, 2,11% votos brancos e 8,01% votos nulos. O vice é Djalma, do PSDB.

Dom Joaquim

Dilsinho, do MDB, foi eleito prefeito de Dom Joaquim para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Carlinho teve 47,57% dos votos. Foram 1.389 votos no total. O candidato derrotou Juliano de Nonô Juquinha, que ficou em segundo lugar com 36,40% (1.063 votos). A eleição em Dom Joaquim teve 21,24% de abstenção, 1,37% votos brancos e 5,55% votos nulos. O vice é João de Aurora, do Cidadania.

Morro do Pilar

Juca, do PDT, foi eleito prefeito de Morro do Pilar para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Juca teve 54,51% dos votos. Foram 1.645 votos no total. O candidato derrotou João da Ponte Alta, que ficou em segundo lugar com 45,49% (1.373 votos). A eleição em Morro do Pilar teve 13,64% de abstenção, 1,06 votos brancos e 4,89% votos nulos. O vice é Jairo do Lava Jato.

Conceição do Mato Dentro

Zé Fernando, do MDB, foi eleito prefeito de Conceição do Mato Dentro para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Zé Fernando teve 88,72% dos votos. Foram 10.128 votos no total. O candidato derrotou Thiago Leao, que ficou em segundo lugar com 11,28% (1.288 votos). A eleição em Conceição do Mato Dentro teve 25,08% de abstenção, 3,01% votos brancos e 7,83% votos nulos. A vice é Ivete Otoni, do PP.

Santo Antônio do Rio Abaixo

Alexandre, do Patriota, foi eleito prefeito de Santo Antônio do Rio Abaixo para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Alexandre teve 70,73% dos votos. Foram 1.247 votos no total. O candidato derrotou Assis do Jordão, que ficou em segundo lugar com 29,27% (516 votos). A eleição em Santo Antônio do Rio Abaixo teve 11,93% de abstenção, 1,64% votos brancos e 5,08% votos nulos. O vice é Rilton Alvarenga, do PSDB.

Ferros

Diquinho, do PSD, foi eleito prefeito de Ferros para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Diquinho teve 46,59% dos votos. Foram 2.785 votos no total. O candidato derrotou Professor Carlinhos, que ficou em segundo lugar com 41,59% (2.486 votos). A eleição em Ferros teve 25,26% de abstenção, 1,99% votos brancos e 5,23% votos nulos. O vice é Andre Luiz, do PSDB.

Braúnas

Jovani, do Solidariedade, foi eleito prefeito de Braúnas para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Jovani teve 52,51% dos votos. Foram 1.770 votos no total. O candidato derrotou Weyne, que ficou em segundo lugar com 47,49% (1.601 votos). A eleição em Braúnas teve 20,08% de abstenção, 0,93% votos brancos e 4,33% votos nulos. O vice é Ibrahim, do Solidariedade.

Joanésia

Aiken, do PDT, foi eleito prefeito de Joanésia para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Aiken teve 47,24% dos votos. Foram 1.863 votos no total. O candidato derrotou Cici, que ficou em segundo lugar com 46,81% (1.846 votos). A eleição em Joanésia teve 19,62% de abstenção, 1,11% votos brancos e 3,58% votos nulos. A vice é Ana Moreira, do PDT.