Câmara inicia processo de Cassação de prefeita de Guanhães após receber denúncia de vereador

Na noite dessa segunda-feira, 17 de junho, foi realizada na Câmara Municipal de Guanhães a 9ª reunião ordinária dos vereadores.

Durante a sessão, houve o recebimento de uma denúncia por infração político administrativa, formulada pelo vereador Daniel de Souza Barroso contra a prefeita do município, Dóris Campos Coelho (Dorinha).

Segundo a denúncia, a prefeita teria pago vantagens pessoais acima do permitido referente a Diferença de Cargo Comissionado, além da vantagem pessoal denominada “Pó de Giz” que está sendo paga a um servidor que não trabalha em sala de aula. A prefeita ainda teria pago horas extras a servidores que não teriam feito as mesmas.

A denúncia aponta ainda que a prefeita descumpre o que determina os incisos XIII e XIV do Artigo 97 da Lei Orgânica Municipal, que prevê o envio bimensalmente à Câmara Municipal dos balancetes financeiros sem prejuízo dos relatórios encaminhados ao Tribunal de Contas, e prestar as contas do Município anualmente à Câmara Municipal, referentes ao exercício anterior.

Ainda na reunião, após sorteio, foi formada a comissão processante composta pela presidente Maria Anídia de Paula, pelo relator Geraldo Ferreira (Geraldo do Anésio) e pelo membro Laércio Alves de Lima (Nô Alfredo). As informações são da Câmara Municipal.

Tentamos contato com o autor da denúncia, vereador Daniel Barroso, por ligações telefônicas, mensagens e fomos até a sua residência, mas até o momento ele não foi encontrado e nem retornou nossas ligações.

Entramos em contato com a prefeita Dorinha que, por telefone, nos disse que está em viagem, e irá se pronunciar assim que receber a notificação formalmente.

Confira a denúncia:

Mais notícias