Cade aprova compra da Itambé pelo grupo francês Lactalis

A Superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra pelo grupo francês Lactalis de 100% do capital da produtora de derivados de leite Itambé, de acordo com despacho publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (30).

A Cooperativa Central dos Produtores de Minas Gerais (CCPR) acertou a venda de 100% da Itambé ao grupo francês, que também é dono das marcas Parmalat e Batavo, no início de dezembro por cerca de US$ 600 milhões.

Em setembro, a cooperativa mineira havia comprado a fatia adicional de 5% da Itambé que pertencia à Vigor Alimentos, do grupo J&F, exercendo seu direito de preferência para deter 100% da empresa.

Antes disso, a venda da Itambé para a Lactalis chegou a ser suspensa pela Justiça. A Vigor, que até então tinha 50% do capital da Itambé, queria incluir essa fatia no negócio com a mexicana Lala, que comprou a fabricante de laticínios dos irmãos Batista.