Banco BMG vê dificuldades, mas irá tentar ajudar o Atlético a contratar Gustavo Scarpa

O Atlético observava a novela Gustavo Scarpa com o Fluminense à distância. O jogador, entretanto, não vestirá mais a camisa do Tricolor. Não há clima entre atleta e dirigentes, ainda mais com a ação trabalhista movida pelo camisa 10. O Galo, assim, surgiu para brigar de igual para igual com o Palmeiras. Entretanto, espera que o BMG consiga superar barreiras da negociação.

Antes, o Verdão pareava com o São Paulo para acertar com o meia-atacante. Clube com a situação financeira mais temida do mercado, graças ao aporte da Crefisa, o Palmeiras chegou a declarar que havia desistito do jogador, por meio do diretor de futebol Alexandre Mattos. “Demos por encerrado”, havia dito o cartola.

Esse é justamente o oposto do caminho que o Atlético começa a tomas nas últimas horas. A informação do interesse concreto do clube mineiro em Scarpa foi adiantado pelo UOL Esporte. Em São Paulo, pessoas ligadas ao Palmeiras já dão o Galo como principal candidato, inclusive, a acertar com o jovem de 24 anos. Mas o Hoje em Dia apurou com pessoas ligadas ao BMG que as chances ainda estão rasas, mas que o fundo de investimentos da instituição vai atrás de Scarpa com mais força do que Walace e Pablo, por exemplo.

O Banco BMG seria o parceiro do Atlético nesta tentativa de trazer um “camisa 10” capaz de ser titular, diante da inconstância promovida por Juan Cazares em 2017 (mesmo sendo o garçom da equipe com 17 assistência). O velho investidor do futebol brasileiro, entretanto, vê a situação ainda com barreiras a serem vencidas.

O rival do Atlético, Cruzeiro, já se beneficiou da ajuda do Banco Minas Gerais, com empréstimo bancário de quase R$ 50 milhões. O alvinegro espera um reforço de peso para 2018, ainda. Até o momento, só contratou por empréstimo ou quem estava livre no mercado (Ricardo Oliveira), e estaria disposto a contar com a força financeira do BMG para trazer Scarpa – isso num panorama de espera pela situação de Walace no Hamburgo.

ABEL DECEPCIONADO
Assim como o Atlético, o Fluminense também se encontra na Florida Cup para os amistosos de pré-temporada. Na quinta-feira (11), pouco antes de o Galo perder para o Rangers, o técnico Abel Braga concedeu entrevista ao Globoesporte.com e revelou uma “pequena decepção” com Gustavo Scarpa, que buscou a Justiça para rescindir com o Flu (que havia atrasado os direitos de imagem em quatro meses, além de outras pendências).

Abelão, inclusive, citou o Atlético como um dos pretendentes a levar o jogador que chegou a ser o capitão do clube: “Ele é um jogador fantástico, que todo mundo quer. São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Atlético-MG. Ele não é comum. O que me entristeceu foi a maneira (…) O que eu lamento é que ele não me ligou. Aconteceu situação com outro jogador que eu fui o primeiro a saber. Criou uma depceção pequena, mas não apaga nada do que a gente viveu”.