Diretor programa viagem para São Paulo para resolver situação de dupla

Os bastidores do Cruzeiro estão quentes, principalmente se tratando da manutenção de nomes importantes da atual temporada. A proposta apresentada pelo Palmeiras para contar com o lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o jogo duro feito pelo São Paulo para negociar Hudson em definitivo, faz com que o vice-presidente de futebol celeste, Itair Machado programe uma viagem para a capital paulista para tentar decidir as duas situações.

Itair Machado já deve embarcar para São Paulo no final da manhã desta terça-feira. A sua primeira reunião agendada é com a direção do tricolor paulista. O dirigente deseja tentar antecipar um acordo para decidir o futuro de Hudson. O jogador é considerado peça importante do esquema tático de Mano Menezes.

Para contar com Hudson, o Cruzeiro precisa pagar R$ 5,7 milhões ao São Paulo. O time celeste tem dificuldades financeiras para alcançar este valor desejado pelo tricolor. Itair Machado chegou a já conversar com a direção do clube rival e pediu um desconto, o que foi descartado.

Inicialmente o Cruzeiro previa passar o lateral-esquerdo Edimar, em definitivo para o São Paulo, por R$ 750 mil, valor que seria descontado na negociação com Hudson. Porém, o São Paulo tem prioridade de compra, que exercerá, por um valor menor, por R$ 400 mil.

Ainda em São Paulo Itair vai tentar decidir também a situação do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que está na mira do Palmeiras. O clube paulista ofereceu, 4.5 milhões de euros ao BMG para contratar o jogador. O valor é justamente o que obriga o Cruzeiro a comprar os outros 75% dos direitos econômicos do atleta junto ao Banco pelo mesmo valor.