Cruzeiro goleia Vasco e encosta no G6

Cruzeiro domina o jogo e conquista grande vitória sobre o Vasco

O Cruzeiro foi até Volta Redonda-RJ e conquistou um grande resultado sobre o Vasco, vencendo por 3 a 0 a partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Thiago Neves e Sassá, no primeiro tempo, e Robinho, nos últimos minutos de jogos, marcaram os gols estrelados.

A vitória colocou o Maior de Minas na 7ª posição na tabela, a dois pontos do G6, grupo que a Raposa buscará alcançar no próximo domingo, contra o Botafogo, no duelo que encerrará o turno do Brasileirão para o time celeste, no estádio Mineirão, às 16h.

O jogo

O Cruzeiro começou com tudo e abriu o placar logo no primeiro lance. Em cobrança de falta na direita, aos 2 minutos de jogo, Thiago Neves bateu com veneno na bola, que cruzou toda a área adversária e morreu no cantinho direito da meta: 1 a 0 para o Maior de Minas!

O time da casa tentou dar a resposta aos 5. Paulinho arriscou chute de fora da área, e a bola passou com perigo, à direita de Fábio.

Aos 17 minutos, Sassá ganhou a disputa de bola, foi derrubado por Rafael Marques na área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, o próprio Sassá bateu com categoria e ampliou o placar aos 18: 2 a 0 para a Raposa.

Dominando as ações, o Maior de Minas quase chegou ao terceiro aos 27, quando Sassá tabelou com Elber pela direita. O camisa 23 invadiu a área e chutou forte, para defesa de Martín Silva. Na cobrança do escanteio, Murilo deu um leve desvio e a bola ganhou a linha de fundo.

A primeira parte terminou com superioridade azul e 2 a 0 no placar parcial.

Segundo tempo

Mesmo à frente no placar, o time celeste voltou com o pé no acelerador na etapa complementar. Aos 9 minutos, Sassá fez grande jogada e encontrou Bryan. O lateral esquerdo ganhou na corrida e tocou na saída de Martín Silva, mas foi interceptada por Rafael Marques. No rebote, Bryan tentou novo chute e o defensor adversário fez o corte novamente.

Aos 13, Elber acelerou pela direita, bateu a marcação e chutou forte, para defesa de Martín Silva. Foi a última jogada do camisa 23 na partida, que deu lugar a Robinho. Logo em seguida, Rafael Sóbis entrou na vaga de Thiago Neves.

O Vasco tentou diminuir aos 31. Gilberto avançou pela direita, limpou a jogada e chutou rasteiro. Fábio apenas conferiu.

Autor do segundo gol estrelado, Sassá foi substituído por Raniel aos 38 minutos.

Aos 42 minutos, uma pintura! Rafael Sóbis e Lucas Silva fizeram boa jogada pela esquerda, até que o meia Robinho foi acionado na entrada da área. O camisa 19, com um único drible, enganou toda a defesa adversária e tocou com categoria, na saída do goleiro adversário.

No minuto seguinte, Thalles saiu cara a cara com Fábio, mas o arqueiro celeste abafou e fez excelente intervenção.

Soberano na partida, o Cruzeiro confirmou o 3 a 0 e chegou ao 7º lugar na tabela de classificação.

VASCO 0 X 3 CRUZEIRO
Motivo:
 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 03/08/2017 (quinta-feira)
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo – SP (CBF)
Público: 4.934
Renda: R$ 108.780,00
Gols: Thiago Neves, aos 2, e Sassá, aos 18 minutos do 1º tempo; Robinho, aos 42 minutos do 2º tempo
Vasco: Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques, Lucas Rocha e Henrique; Jean, Wellington (Thalles), Escudero e Wagner (André Rios); Paulinho e Paulo Vitor. Técnico: Milton Mendes
Cruzeiro: Fábio, Lucas Romero, Léo, Murilo e Bryan; Henrique, Lucas Silva, Elber (Robinho) e Rafinha; Thiago Neves (Rafael Sóbis) e Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Rafael Marques, André Rios, Paulo Vitor, Gilberto (Vasco); Lucas Silva (Cruzeiro)

Site Oficial do Cruzeiro
Foto: Rudy Trindade / Thema Press / Light Press / Cruzeiro

Veja os melhores momentos da partida no vídeo postado pelo canal Soccer7i: