Está no Ar

Recados No Ar





Envie seu pedido!

Roger celebra classificação e retomada de confiança

Técnico aprova o empenho do time em noite de classificação sofrida contra Paraná

Nada como uma classificação com pitadas leves de dramaticidade. Não foi uma noite de mata-mata como os confrontos épicos da Libertadores de 2013 e da Copa do Brasil de 2014, mas o Atlético-MG passou por momentos de tensão na vitória sobre o Paraná por 2 a 0, nessa quarta-feira, no Independência.

O primeiro ato de sufoco da partida se deu pelos desfalques no começo de jogo. Quatro no total: Leonardo Silva, Adilson, Rafael Carioca e Robinho - este último no banco de reservas. Marcos Rocha, que começou como titular, que saiu no início do jogo. Para completar a aflição dos torcedores, o primeiro gol da vitória só saiu aos 40 minutos do primeiro tempo. Quando vencia por 1 a 0, o Galo viu os paranaenses acertarem o travessão de Victor. Um empate era o suficiente para dar a vaga ao time de Curitiba.

O técnico Roger Machado gostou da retomada de confiança do time na vitória com a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil.

- Depois das últimas apresentações, a gente deixou de fazer muita coisa que vinha fazendo. Voltar a vencer em um jogo eliminatório da Copa do Brasil, volta a confiança. É entender que o nosso grupo tem a capacidade de cumprir a maratona. Outros terão a chance de jogar.

O Galo vinha de uma sequência de três jogos sem vencer, com duas derrotas e um empate. Nomes como os volantes Yago e Ralph aproveitaram o tempo em casa para mostrar que podem ser úteis em outros jogos. O treinador aprovou o leque de opções.

- Foi um jogo disputado, abrimos o placar num belo gol do Otero (gol olímpico). Soubemos sofrer o jogo, marcar forte o adversário e fazer o segundo gol. Os detalhes da classificação são relevantes.

Para domingo, o Atlético terá que se preocupar em melhorar a classificação no Campeonato Brasileiro. O Galo enfrenta o Palmeiras na capital paulista. Ainda sem vencer no campeonato nacional, o Alvinegro tenta somar três pontos para se afastar da zona de rebaixamento. (Globoesporte.com)