Está no Ar

Mais 6 mortes por febre amarela foram confirmadas em MG

Balanço da Secretaria de Estado da Saúde somam 75 óbitos pela doença. Serro, na Região Central, e Franciscópolis, no Vale do Mucuri, entraram na lista de locais com suspeita da febre

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG) confirmou mais seis mortes por febre amarela em Minas Gerais, em balanço divulgado na noite desta quarta-feira. Agora já somam 75 óbitos de pessoas contaminadas pela doença no estado. Há ainda 94 casos fatais em investigação, suspeitos de estarem ligados à febre.

Desde o começo da semana não houve acréscimo do número de mortes notificadas de pacientes com os sintomas da doença. Porém, em relação ao começo deste mês, quando tinham 127 notificações, houve aumento de 33% dos casos fatais, com mais 42 óbitos entre investigados e confirmados.

Já a evolução de notificações da doença como um todo, subiu e 774 no começo de fevereiro para 995, segundo o balanço desta quarta-feira, aumento de 28,5% dos comunicados no estado. Do total, porém, a SES confirma resultado positivo para a febre em 208 pacientes. Por meio dos exames, 57 suspeitas foram descartadas.

De acordo com o novo balanço, mais duas cidades entram para a lista de municípios com indícios da doença. Agora são 77 cidades com notificações de febre amarela, das quais em 39 já foram confirmados casos da doença. Os novos municípios na lista são Serro, na Região Central, e Franciscópolis, no Vale do Mucuri. (Portal UAI)